Fox Lançará Remake do Musical "Rock Horror Picture Show"!


   A noticia não é de agora. Desde Outubro de 2015 já haviam noticias sobre a produção e o elenco que estava sendo selecionado. Porém foi a três meses atrás que os fãs deliraram quando a página oficial do Facebook The Rock Horror Picture Show publicou um teaser. 

  Rocky Horror Picture Show é  um musical de 1975 comicamente macabro, ou macabramente cômico, considerado um clássico cult. Conta a história de um casal de noivos, Brad e Janet, cujo o carro quebra na estrada antes da cerimônia. Eles encontram um castelo e decidem pedir ajuda. Lá eles conhecem Frank N Furter, um cientista alienígena e travesti  que dedica sua vida ao prazer, em busca de criar um homem perfeito para satisfazer seus desejos.


  O remake , entitulado "The Rocky Horror Picture Show Event" será exibido diretamente na televisão em comemoração aos 40 anos do musical. A data, anunciada na page essa segunda-feira, foi 20 de Outubro. 

  Uma das primeiras noticias que se deu sobre o filme é que será estreado por Laverne Cox, a primeira atriz transsexual de grande prestigio, conhecida por seu papel em Orange is the New Black. Outro nome importante no elenco é de Adam Lambert, que fará o roqueiro Eddie. Eddie foi considerado para ser o próprio Frank, porém ele mesmo considerou que Cox seria uma escolha perfeita e ficou feliz de receber o papel de Eddie. 

  Confira o primeiro Teaser:



No mês seguinte, foi lançado um teaser exclusivo em comemoração à Happy Pride (Parada Gay) com Laverne encorporando o cientista:




  O especial conta com a direção de Kenny Ortega (que também dirigiu Descentendes, High School Musical, Gilmore Girls e Abracadabra), e produção executiva de Gail Berman (de Angel) e Lou Adler (que também produziu o original). O ator Tim Curry também participará como o narrador da história.

Confira o trailer que foi divulgado na Comic Con 2016:



Nesta terceira feira foi divulgado na page uma série de tranformação do elenco do novo filme:







  Por fim, o ultimo trailer lançado nesse segunda:




   Eu conheci o filme pelo episódio especial de Glee, "The Rocky Horror Glee Show", e fui atrás para conhecer, desde de então é um dos meus favoritos e me identifico bastante. Esse remake para mim está cada vez mais lindo e estou muito ansiosa, Os visuais e os figurinos estão totalmente atualizados e modernizados, mas acho que não perdeu a essência do original, imagino que será uma passagem linda do filme para a nova geração. E aí galera, o que vocês estão achando?

Filmes que Andei Assistindo #10





Floresta Maldita (2016)
Duração: 1h34m
Gênero: Terror
Distribuição: Paramount Pictures
Trailer
  "Sara tem uma irmã gêmea e está preocupada com o seu desaparecimento misterioso. O maior receio dela é que a irmã tenha ido para a floresta de Aokigahara, no Japão, mais conhecida como a floresta dos suicidas. Apesar de todos a alertarem para não ir, ela entra na floresta, repleta de horrores inexplicáveis, determinada a descobrir a verdade sobre o destino de sua irmã."
  Classe B- lotado de clichês. Além de detestar quando colocam uma atriz para fazer gêmeas, não sei como Natalie Dormer aceitou fazer esse filme. Ok, é um pouco interessante quando ela está enlouquecendo na floresta, você não sabe mais se as aparições são fantasmas mesmo, se não alucinações da cabeça dela. Mas a história é cheia de furos. Quem é o maluco que aparentemente tá perseguindo ela? O que fez a irmã ficar perdida numa floresta onde pessoas se matam? Qual a relação dos dois? Não vai ser hoje no Globo Reporter.



Invasão à Londres (2016)
Duração: 1h39m
Gênero: Ação
Distribuição: Diamond Films
Trailer
  "Com a morte misteriosa do primeiro-ministro britânico, a presença dos líderes mundiais no seu funeral é indispensável, tornando o evento uma ótima oportunidade para destruir grandes monumentos e assassinar os governantes mundiais. É o que acontece, mas, com sorte e a ajuda de Mike Banning, o presidente dos EUA Benjamin Asher consegue escapar. Responsável pelo ataque, um dos terroristas mais procurados do mundo não se dá por vencido e, enquanto Benjamin luta pela sobrevivência, o vice-presidente Trumbull se esforça para derrotar o criminoso."
  O filme contra sobre um atentado em escala mundial que trás destruição à Londres e a morte de muitos políticos importantes de vários países pela mão de um dos terroristas mais caçados do mundo.  Nele conseguem escapar o Presidente dos Estados Unidos e seu guarda-costas pessoal Mike, que agora precisam correr para salvarem sua vida dos assassinos que querem executa-lo ao vivo pela internet. O filme na verdade é continuação de Invasão à Casa Branca, não assisti esse porque não é o tipo de filme que gosto, mas vi tantas vezes o trailer no cinema que fiquei bem curiosa. Assisti na Netflix quando vi que colocaram, acho que dá para assisti-lo bem sem ter visto o primeiro. Como não conheço muito bem essa categoria, não sei opinar direito, grandes efeitos especiais, ótimos cenários, não deve ter sido fácil destruir os monumentos mais importantes de Londres, mas até gostei do filme. A maneira como Mike protege seu presidente é fantástica, um excelente profissional que sabe muito bem o que faz (afinal, não é qualquer mané que pode proteger o presidente né?) O filme possui boas cenas de combate e é recheado de cenas de ação, explosões e etc fisicamente pouco prováveis, enredo linear sem muitas surpresas além dos clássicos planos de ultima hora "ou da certo ou morremos|". Bem egocêntrico alá EUA (aparecem alguns lideres mundiais, todos morrem mas o único que importa é o mister America). Bom elenco.



Academia de Vampiros - O Beijo das Sombras |(2014|)
Duração: 1h45m
Gênero: Fantasia
Distribuição: Diamond Films
Trailer
  "Na escola de vampiros St. Vladimir estudam Rose e Lissa, duas melhores amigas. Rose é meio humana, meio vampira, que tem o dom de entrar na cabeça de Lissa, uma princesa que domina o elemento do Espírito, sendo capaz de curar pessoas e animais. Juntas, elas pretendem proteger os Moroi, alta linhagem dos vampiros, dos inimigos Strigoi, vampiros do mal."
  A poucos dias li uma resenha sobre o livro, que já conhecia por nome, e me interessei mais, aproveitei que vi o filme perambulando pela Netflix, resolvi assistir. Até sinopse é péssima e acho que se não tivesse lido a resenha, não entenderia muito da ideia do filme.  Rose é uma Dampyr, o que lhe concede habilidades sobre humanas, mas pode andar no sol e se alimenta como humano. Lissa é descendente dos Dragomir, a mais poderosa família de Morois e por isso, futura Princsa. Os Morois não podem andar na luz do sol e devem se alimentar de sangue, mas possuem magia dos quatro elementos. A função dos Dampyrs desde que nascem é proteger os Morois dos Strigois, vampiros Morois que perderam sua sanidade ao matar alguém tomando seu sangue, se tornando criaturas hostis. Rose consegue se conectar à Lissa, ver o que ela vê sentir o que ela sente e localiza-a, uma ligação muito rara, e Lissa também pode se conectar com os seres vivos e cura-los O filme começa com Lissa e Rose se aventurando em uma vida como fugitivas da Academia, e após um ano, são encontradas pelo Dampyr Dimitri, que é candidato á guardião de Lissa, concorrendo com Rose. Assim que elas retornam. Precisam arcar com as consequências da fuga e sobreviver ao colegial ( é engraçado ver uma princesa sofrendo bulliyng). Logo ameaças com sangue começam a surgir e depois, animais mortos. Suspeitas de que alguém de dentro da academia está por trás disso e que algo está sendo escondido delas. No meio da história Lissa volta com seu ex namorado, mas depois se interessa pelo esquisito da escola, enquanto Rose começa a se apaixonar por Dimitri, que se tornou seu treinador; O filme também conta com cenas de pegação e preliminares clássicas de adolescentes, triângulos amorosos e tudo o que uma escola possui. O filme é corrido e mal explicado, tem certas histórias que não ficam boas fora das páginas.



Procurando Dory (2016)
Duração: 1h37m
Gênero: Animação, Comedia
Distribuição: Disney
Trailer
   "Um ano após ajudar Marlin (Albert Brooks) a reencontrar seu filho Nemo, Dory (Ellen DeGeneres) tem um insight e lembra de sua amada família. Com saudades, ela decide fazer de tudo para reencontrá-los e na desenfreada busca esbarra com amigos do passado e vai parar nas perigosas mãos de humanos."
  Confesso que Procurando Nemo nunca foi um dos meus filmes favoritos. Mas não pude deixar se entrar na hype do Procurando Dory. O filme é uma boa continuação, coisa que não podemos falar de todos filmes da Disney. O filme segue o pretexto do primeiro, a procura da família, e trás uma certa nostalgia quando os personagens são apresentados. Me surpreendi pela quantidade de cenas que ocorrem fora da agua e as malandragens que inventaram para os peixes conseguirem ir de um lugar para o outro no parque. A adição do parque marinho eu também achei bem interessante, já que mostra diversos animais e a fauna marinha, tudo em um bela produção de imagem. O polvo de comportamento duvidoso dá um toque politicamente incorrreto ao filme, e a cena do caminhão, meu Deus que coisa sem sentindo foi aquela? Os pais da Dory são tudo o que os pais a Elsa e da Anna não foram. A cena pós-créditos foi ótima. Mas achei que deram pouco destaque ás personagens coadjuvantes do primeiro filme, muitas cenas tem só a Dory, seus flash backs e um pouco de Marlin e Nemo. Senti muita falta dos tubarões também. 


Goosebumps Monstros e Arrepios
Duração: 1h44m
Gênero: Ação, Aventura
Distribuição: Sony
Trailer
   "O jovem Zach Cooper (Dylan Minnette) se muda de Nova York para uma cidade pequena dos Estados Unidos, para onde a mãe é transferida. Lá, eles passam a morar na casa ao lado da de Hannah (Odeya Rush) – por quem o adolescente se apaixona – e o pai, o ranzinza R. L. Stine (Jack Black). Depois de escutar gritos vindo da propriedade ao lado, Zach invade a residência com a ajuda do medroso colega (Ryan Lee) e acaba, acidentalmente, abrindo um dos livros e, consequentemente, dando início à libertação de todos os monstros criados por Stine. Juntos, eles terão que mandar as criaturas de volta para as prateleiras"
   Sempre fui fã de Goosebumps, primeiro a série de tv na extinta Fox Kids e depois os livros que deram origem. Provavelmente irei menciona-lo novamente quando fizer post mais especifico. Bom, para quem ficou tão esperançosa com o anuncio desse filme, só o anuncio de que teria Jack Black no elenco já decepcionou, mais por descobrir que ele faria o próprio autor da série,  R. L. Stine. Mas além das clichês estereotipados de comédia e a presença de Jack Black, o filme não é tão ruim assim e até trás uma nostalgia mostrando os monstros dos livros.


Aí povo, o que vocês acham desses filmes? Querem me indicar algum? Comentem aí!

Filmes que andei assistindo #9



Um Noite de Crime (2013)
Duração: 1h26m
Gênero: Terror
Distribuição: Universal Pictures
  "Quando o governo norte-americano constata que suas prisões estão cheias demais para receberem novos detentos, uma nova lei é criada, permitindo todas as atividades ilegais durante 12 horas. Este período, chamado de Purificação, é marcado por milhares de assassinatos, linchamentos e outros atos de violência por todo o país. O intuito, segundo o governo, é permitir que todos os cidadãos libertem seus impulsos violentos, garantindo a paz nos outros dias do ano. Neste contexto vive a família de James Sandin, um vendedor de sistemas de segurança que prospera graças à Noite do Crime. Quando o evento ocorre, no entanto, o filho de James aceita abrigar um homem perseguido por psicopatas. Logo, toda a família está em perigo, seja dentro de sua própria casa, com a presença do desconhecido, seja pelas ameaças vindas dos psicopatas em frente ao imóvel, que prometem entrar e matar a todos." 
  Este filme me surpreendeu mesmo. Achei que este seria um filme thrash qualquer. Mas além de bom elenco, o filme tem uma critica forte. No intuito de diminuir a população do país, o governo propõe uma noite cheia de atrocidades com desculpas religiosas para se aliviarem da culpa, "isso purifica nossa raiva interior", "vai tirar os maus elementos do mundo". o menino é o primeiro a questionar se isto é certo, e os pais também o fazem. No ato de resgatar o mendigo, eles encontram um bando de ricos psicopatas que matam uns aos outros por diversão e sem remorso algum, pessoas de classe alta que acham que só seus semelhantes possuem direito à vida e qualquer pobre merece morrer. E quando os assassinatos são feitos por motivos mesquinhos como inveja? Pesado não? Pena que soa igual certos discursos que ouvimos diariamente... 


Babadook (2014)
Duração: 1h35m
Gênero: Terror
Distribuição: -
  "Seis anos já se passaram desde a morte de seu marido, mas Amelia ainda não superou a trágica perda. Ela tem um filho pequeno, o rebelde Samuel, e tem dificuldades para amá-lo. O garoto sonha diariamente com um monstro terrível e ao encontrar um livro chamado "The Babadok" reconhece imediatamente seu pesadelo. Certo de que Babadok deseja matá-lo, o menino começa a agir irracionalmente, para desespero de Amélia."
   Esperava um filme um pouco mais perturbador, do jeito que falavam dele Apesar disso, é um filme bom, possui um boa critica sobre superar traumas, enfrenta-los e poder seguir a vida. O filme me lembrou um pouco o estilo de "Invocação do Mal" e "Sobrenatural", do diretor James Wan, só que com menos orçamento. Possui um roteiro bom, iluminação bacana e um final legal. É, gostei bastante desse filme.


A Vila do Medo (2011)
Duração: 1h32m
Gênero: Terror
Distribuição: -
   "Sonny Blake é uma psiquiatra que volta à sua cidade natal. Logo que chega, ela é avisada sobre o comportamento violento e estranho do entregador de jornais. A partir daí, Sonny começa a observa-lo e suspeita que ele possa estar envolvido na morte de seu pai. Ela leva sua suspeita até a polícia, mas é ignorada, e agora precisa tomar cuidado para não sofrer em suas mãos."
  Esse é aquele tipo de filme que da vontade de esganar as personagens pelas negligencias e burrices.    É um filme um pouco assustador aqui e ali, mas não é de grande qualidade (novidade), nem possui roteiro bom, a ilumniação é terrivel e o final sem mais nem menos. Também não existe motivação aparente ou explicação para os acontecimentos. Não faz sentindo algum.


11-11-11 (2011)
Duração: 1h30m
Gênero: Terror
Distribuição: -
   "Joseph Crone é um famoso escritor que sofre com a trágica morte de sua esposa e filho e passa a ver o numero 11 com frequência. Á pedido de seu irmão Samuel, ele volta para sua antiga casa em Barcelona para passar os últimos dias de sue pai. Lá ele volta a ter conflitos religiosos com seus parentes e passa a investigar o significado do numero que o persegue e logo descobre que se refere a uma data, 11/11/11, na qual um portal se abrirá e uma perigosa força sobrenatural será libertada."
  Nada de mais, profecias, satanismo, muita religião. etc. Nada de novo, clichês, e um final pouco lógico. por um momento parecia que ia acontecer algo interessante, mas não. E assim como o de cima a iluminação do filme é muito ruim.




Sex Tape: Perdido na Nuvem (2014)
Duração: 1h35m
Gênero:
Distribuição:
"Um casal vive um longo relacionamento que começa a esfriar. Para tentar esquentar as coisas, eles decidem se gravar fazendo sexo. Para desespero da dupla, a fita de sexo desaparece e eles se veem em uma série de confusões na procura pelo constrangedor objeto."
   Não tem muito do que se esperar de um filme de comédia com a Cameron Dias e Segel. Até que no começo é um pouco interessante. A forma como eles abordam o sexo e como as cenas são gravadas explicitas é legal, e é incrível que mesmo com essa quantidade de cenas, não mostrem nenhuma parte ou tapem de maneira forçada. Tem uma cena que achei bem legal onde a Cameron sai correndo de costas e para em um angulo onde seu braço cobre perfeitamente e minimamente o seio. Mas aí começam a aparecer os clichês e as banalidades. Piadas ruins, situações ridículas. A clássica cena de um cão de guarda onde mostram "como é engraçado" bater em um cachorro. Fora que o enredo inteiro do filme é uma propaganda do iCloud.


E aí, quais vocês já viram? O que acharam deles?
Estou aberta a indicações de filmes, se tiverem algum em mente, podem deixar nos comentários!
Bites!