[Tary's Library] Resenha: Rangers, A Ordem dos Arqueiros vol.1 - Ruínas de Gorlan


Série: Rangers, A Ordem dos Arqueiros (Ranger's Apprentice)
Volume: 1 - Ruínas de Gorlan (The Ruins of Gorlan)
Autor: John Flanagan
Editora: Fundamento
Ano: 2009
239 páginas 
Sinopse:
Durante a vida inteira, o pequeno e frágil Will sonhou em ser um forte e bravo guerreiro, como o pai, que ele nunca conheceu. Por isso, ficou arrasado quando não conseguiu entrar para a Escola de Guerra. A partir daí, sua vida tomou um rumo inesperado: ele se tornou o aprendiz de Halt, o misterioso arqueiro, que muitos acreditam ter habilidades que só podem ser resultado de alguma feitiçaria. Relutante, Will aprendeu a usar as armas secretas dos arqueiros: o arco, a flecha, uma capa manchada e... um pequeno pônei muito teimoso. Podem não ser a espada e o cavalo que ele desejava, mas foi com eles que Will e Halt partiram em uma perigosa missão: impedir o assassinato do rei. Essa será uma viagem de descobertas e aventuras fantásticas, na qual Will aprenderá que as armas dos arqueiros são muito mais valiosas do que ele imaginava


    Eu li esse livro quando estava na 6ª série, lembro que naquela época eu tinha adorado e queria ler o resto da série. Porém, com tantos outros livros para ler, só adquiri o segundo volume na 8ª e quando fui tentar ler, vi que não me lembrava de quase nada do primeiro livro! (As vezes fico preocupada com a minha falta de memória.) No 1º ano do ensino médio lembro até que emprestei o livro para um amigo meu, mas eu até agora não cheguei a lê-lo.
  Esse ano, estou com o segundo volume na meta de leitura e pretendia lê-lo depois de terminar o Desafio de Férias. Mas parei para pensar e decidi que seria uma boa ideia reler o primeiro volume.
   Eu nunca fui muito boa para reler livros, nunca tive muita paciência, mas no caso de "Ruínas de Gorlan", eu lembrava tão pouco da história que foi quase como ler um livro novo. Havia muitos detalhes que sequer me lembrei durante a leitura, e passei a gostar desse livro ainda mais.

  15 anos antes dos acontecimentos narrados no livro, houve uma guerra onde Morgarath, Barão do feudo Gorlan, tentou se apoderar do trono após a morte do Rei. Contando com monstros malignos, os Wargals e os Kalkaras, a vitória era quase certa. Porém, um habilidoso arqueiro guiou um exercito de cavaleiros por um caminho secreto, pegando o exercito do inimigo na retaguarda, mudando completamente o rumo da guerra. Derrotado e frustado, Morgarath fugiu com o que restou do exercito para as Montanhas da Chuva e da Noite, onde foi confinado em exílio.

  A história atual se passa no feudo Redmont, Will, assim como todos os Protegidos do barão Arald, é orfão, cujo pai morrerá durante a guerra. Mas, diferente dos outros Protegidos, Will não sabe quem foram seus pais, apenas sabia (por um bilhete deixado com ele na porta do prédio dos Protegidos quando bebê) que sua mãe havia morrido no parto e seu pai como um herói na guerra. 
  
   Quando os Protegidos completam 15 anos, é marcada o Dia da Escolha, onde eles são apresentados ao mestres de oficio e, caso atendam as especificações, se tornariam aprendizes daqueles que os escolhessem. Esta é uma das minhas partes favoritas do livro, onde acontecimentos incríveis juntamente com a destreza de Will e também de Halt, arqueiro do feudo, marcam para sempre o destino de Will como aprendiz de arqueiro.
  
   Este livro é riquíssimo em detalhes, e as descrições de armas e táticas medievais são incríveis. Este sem dúvida é um dos melhores livros de fantasia épica que li. O autor escreve super bem, além de detalhar bastante o ambiente. Outra coisa que gostei bastante no livro é o jeito que o autor descreve as emoções e os pensamentos que passam pelas cabeças das personagens, descreve de um modo sutil que o leitor para e pensa "nossa, sei exatamente como é!".

  O desenvolvimento do livro segue contando como é o treinamento de Will durante os meses seguintes, apresentando as armas dos arqueiros, o treinamento com o pônei, que apesar de desgrenhado e pequeno é bastante resistente. Além de simplesmente aprender a atirar, os arqueiros trabalham para se mover sem serem percebidos, ao mesmo tempo em que vêem, ouvem e percebem a tudo e a todos, aprendem a sobreviver na mata, a seguir pegadas e a caçar, se tornando os ouvidos e os olhos do feudo.

  Para descontrair e tirar um pouco o foco do protagonista, alguns capítulos focam em Horace, rival de Will que no Dia da Escolha foi escolhido para a Escola de Guerra, a escolha que Will tanto queria. Horace leva uma vida de esforço e sofrimento na Escola de Guerra, até que por coincidência, os caminhos de Will e Horace voltam a se cruzar.

  A história segue um rumo tranquilo até que se descobre que Morgarath está movendo o exercito novamente, com uma guerra se aproximando, os primeiro a se mobilizarem são os arqueiros, com suas técnicas de camuflagem e espionagem. A vida simples de Will se transforma quando o jovem aprendiz recebe um importante dever.


Outras Capas:




A Série:
Rangers, a Ordem dos Arqueiros (Ranger's Apprentice)
1- Ruínas de Gorlan (The Ruins of Gorlan)
2- Pontem em Chamas (The Burning Bridge)
3- Terra de Gelo (The Icebound Land)
4- Folha de Carvalho (The Battle For Skandia)
5- Feiticeiros do Norte (The Sorcerer of the North)
6- Cerco a Macindaw (The Siege of Macindaw)
7- Resgate de Erak  (Erak's Ransom)
8- Reis de Clonmel (The Kings of Clonmel)
9- Halt em Perigo (Halt's Peril)
10- Imperador de Nihon-Ja (The Emperor of Nihon-Ja)
11- Histórias Perdidas (The Lost Stories)

3 comentários:

  1. Eu amo essa série, eu parei no 5 livro, espero voltar a ler logo o resto. Beijocas
    http://divaspinup.blogspot.com.br
    http://blyza.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia, parece ser bom *-*
    http://eticeteracoisaetal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Tbm nao conhecia nada sobre, mas confesso que me interessei, entra na minha listinha viu ^^ Bjs

    ResponderExcluir