[Dança] 29 de Abril - Dia Internacional da Dança



  Lógico que não deixaria de comemorar esse dia aqui no blog né gente?

  "A Dança é um ritual: um ritual sagrado, um ritual social. Encontramos na dança essa dupla significação que está na origem de toda atividade humana. A dança é uma das raras atividades humanas em que o homem se encontra totalmente engajado: corpo, espirito, coração. A dança é um esporte (só que completo)."

Maurice Béjart, dançarino e coreógrafo francês.

"Somos muitas em todo o mundo, seguimos a dança o amor a paixão.. Limites ? não existem para a gente. É nossa alma, é nossa vida. Sou uma uma entre muitas.. sofro, vivo. Revivo todos os sentimentos em apenas uma musica...Sou uma bailarina..."

Desconhecido

Gostaria então, de fazer uma postagem dedicada a todos os estilos de dança que gosto.


Ballet Clássico

  Dança que se originou nas cortes da Itália renascentista durante o século XV, e que se desenvolveu ainda mais na Inglaterra, Rússia e França como uma forma de dança de concerto. Elas são realizadas principalmente com o acompanhamento de música clássica.
  O balé é um tipo de dança influente a nível mundial que possui uma forma altamente técnica e um vocabulário próprio. Este gênero de dança é muito difícil de dominar e requer muita prática. Ele é ensinado em escolas próprias em todo o mundo, que usam suas próprias culturas e sociedades para informar esse tipo de arte. É um estilo equilibrado de dança que incorpora as técnicas fundamentais para muitas outras formas de dança. Seu figurino principal é o"tutu".
  Atualmente existem várias outras modalidades de balé, entre eles balé expressionista, neoclássico e modalidades que incorporam elementos da dança moderna.
Os princípios básicos do balé são : postura ereta ; uso do en dehors (rotação externa dos membros inferiores), movimentos circulares dos membros superiores, verticalidade corporal, disciplina, leveza, harmonia e simetria.

Kaio Spina e Thamara Thomé Ramos - Centro Educacional de Dança Movimentação



Jazz 
  Jazz Dance é uma das mais importantes formas de se expressar artisticamente, recebendo modos de diversos outros estilos e princípios técnicos do ballet e dança contemporânea.
  Possuindo outras variações como: Modern Jazz Dance, Soul Jazz, Rock Jazz, Street Jazz, Feeling Jazz, Popular Jazz, Free Style entre outras.
  O Jazz é uma forma de expressão pessoal criada e sustentada pelo improviso. Dizem que a origem da Dança Jazz tem raízes essencialmente populares. Com uma evolução inicial paralela à da música Jazz, surgiu nos E.U.A no fim do século passado.
  As diferentes técnicas do Jazz, tem demonstrado que muitos princípios foram herdados do Ballet Clássico e da Dança Moderna, e alguns professores tem divulgado e desenvolvido seus métodos de fundamentação técnica para a formação de bailarinos cada vez mais ecléticos. Poucos sabem qual será o futuro e suas novas influências, mas o que se pode afirmar é que até hoje, o Jazz tem sido uma das formas mais importantes da expressão artística.

Tarsila, Danielly, Isabella, Raffaela, Beatriz, Leticia, Thamara e Nátalia - coreografia "Africa" que mistura Jazz e elementos de dança africana. - Centro Educacional de Dança Movimentação



Dança Contemporanea

  A dança contemporânea surgiu na década de 60 como uma forma de protesto ou rompimento com a cultura clássica. Depois de um período de intensas inovações e experimentações que muitas vezes beiravam a total desconstrução da arte finalmente - na década de 1980 - a dança contemporânea começou a se definir desenvolvendo uma linguagem própria.
  A dança contemporânea modificou drasticamente as "posições-base" do ballet clássico, além de tirar as sapatilhas das bailarinas e parar de controlar seu peso. Ela mantém, no entanto, a estrutura do ballet, fazendo uso de diagonais e da dança conjunta. 
  A composição de uma trilha para um espetáculo de dança contemporânea implica diversos outros fatores além da própria composição musical.
  Esse tipo de dança modificou o espaço, usando não só o palco como local de referência. Sua técnica é tão abrangente que não delimita os utensílios usados. O corpo, pesquisando suas diagonais, não delimita estilos de roupas, músicas, espaço ou movimento. Ela não possuí regras, e pode ser qualquer figurino.

Kaio, Raffaeala, Thamara, Natalia e Danielly - Contemporaneo inspirado em Alice no País das Maravilhas


Dança Moderna - Tecnica de Martha Graham

Dança Moderna, emergida dos últimos anos do século XIX e afirmada nos primeiros anos do século XX, tem raízes e intenções bem distintas. Os bailarinos dançam descalços, trabalham contrações, torções, desencaixe etc, e seus movimentos são mais livres, embora ainda respeitem uma técnica organizada. Recusa o apoio nas pontas dos pés como um catalizador dos movimentos e coloca o eixo de seu trabalho no tronco, no contato, na queda, na improvisação, na respiração, no movimento da coluna e das articulações, em diferentes graus de tensão/relaxamento muscular, e também o trabalho no chão.
O impacto que a dança de Martha Graham causou nos palcos é frequentemente comparado à influência que Picasso teve para a pintura em seu tempo, ou Stravinsky na música, ou Frank Lloyd Wright na arquitetura. As suas contribuições transformaram essa forma de arte, revitalizando e difundindo a dança ao redor do mundo.
Diva Thomé, especializada na técnica de Martha Graham - Diretora e Proprietária do Centro Educacional de Dança Movimentação 


Dança de Rua/ Street Dance
  É um conjunto de estilos de danças que possuem movimentos detalhados (acompanhados de expressão facial). As músicas, independente do estilo de Street Dance, têm a batida forte como principal característica.
  A dança de rua originou-se nos Estados Unidos, em 1929, época da quebra da bolsa de Nova York e da grande crise econômica. Músicos e dançarinos dos cabarés americanos urbanos, desempregados como conseqüência da crise, passaram a realizar suas performances nas ruas.

  Nas décadas seguintes (30 e 40) outros ritmos de origem afro-americana, como o Blues e o Rhytm and Blues influenciaram a dança de rua. No fim dos anos 60, o cantor americano James Brown criou um novo ritmo que influenciou muito a dança de rua: o Soul (ritmo de origem afro-americana). Mais tarde, o funk (também de James Brown), a música Disco e o Rap também influenciaram a dança de rua. O Breaking surgiu na década de 80 como uma vertente da dança de rua, e foi desseminado pelo mundo rapidamente, tendo como principal precursor o americano Michael Jackson.
  Mais do que um estilo de dança influenciado por vários ritmos, a dança de rua sempre foi associada à cultura e a identidade negra, sobretudo a partir da década de 70. Mas não se engane por isso, qualquer um pode dançar Street, apesar de possuir um grande quantidade de homens praticantes, há variações femininas também.





Sapateado Americano/ American Tap

Sapateado é um estilo de dança, originalmente irlandesa, na qual os dançarinos produzem sons sincopados, ritmados com os pés.Nos Estados Unidos desenvolveu-se o chamado sapateado americano, introduzido no país por volta da primeira metade do século 19, na fusão que uniu ritmos e danças dos escravos, que já possuíam um estilo de dança próprio baseado nos sons corporais, com os estilos de sapateado praticados pelos imigrantes irlandeses e colonizadores ingleses.
A partir da década de 30 o sapateado ganhou força e popularidade com os grandes musicais, que contavam com a participação de nomes como Fred Astaire, Gene Kelly, Ginger Rogers, Vera-Ellen e Eleanor Powell. Depois de um período de declínio do final da década de 50 ao inicio dos anos 70, nomes como Gregory Hines e, em especial, Brenda Bufalino (diretora da American Tap Dance Foundation) revitalizaram o sapateado americano, impulsionando toda uma nova geração, de onde surgiram nomes como o do grande astro Savion Glover, recentemente coreógrafo dos pinguins do filme Happy Feet. O requisito principal do sapateado são os sapatos com chapas de metal na sola que criam o barulho.

Filipe Sampaio, campeão de sapateado do Festival de Joinville - Banana Broadway


Sapaetado Irlandês/ Irish Tap Dance

Os primeiros passos do sapateado surgiram na Irlanda, no século V. para se proteger do frio, os camponeses usavam sapatos de solados de madeira que ajudavam a aquecer os pés. A distração deles era "brincar com o ritmos" que os solados faziam no chão. Com a revolução industrial, o sapateado ganhou novos adeptos. Os operários usavam sapatos de madeira para se protegerem do chão muito quente das fabricas. Durante os intervalos de trabalho, brincavam com os pés criando sons diversos.
  O Sapateado Irlandês sofreu diversas influências culturais de vários povos provenientes das imigrações ou das invasões. Sofre influencias dos Celtas, normandos e ingleses. As danças em meados do século XVIII eram acompanhadas de sons de gaitas de fole e de harpa.
  Diferente do Americano, ainda mantem o solado de madeira. E em vez dos braços e movimentos corporais acompanhados e diferentes de coreografia para coreografia, o sapateado irlandês mantem um postura ereta do tronco, com braços ao lado o atrás, os movimentos dos pés são sempre feitos em en dehors semelhante ao ballet. Também pode ser praticado no "soft" com sapatilhas.

Grupo de 2005 - Traditional Irish Hornpipes - Banana Broadway


Pole Dance
  Pole dance (dança do poste, literalmente traduzido) é uma forma de dança ginástica. Original da Inglaterra dos anos 1980.
  Se trata de uma dança sensual utilizando como elemento um poste ou barra vertical sobre o qual a bailarina(o) realiza sua atuação.
  Existem diferentes vertentes de pole dance. Antigamente associado às casas noturnas e ao strip-tease, o pole dance assume hoje outras vertentes, como por exemplo o pole dance fitness, para a finalidade de trabalhar os determinados grupos musculares, ficar com o corpo em forma e praticar algum desporto. Há o poledance artístico, que visa mais ao lado acrobático e é incorporado principalmente em espetáculos de performance, no circo etc. É uma dança que apesar de tudo ainda sofre certo preconceito de ignorantes, mas vem ganhando seu espaço no Brasil no mundo fitness e no mundo artisico.

Alessandra Telles - Diretora e Propretária da Escola Internacional de Pole Dance



Danças Aéreas

Dança Aérea é como são conhecidas as diversas variedades de acrobacias em aparelhos em circo, cujo a principal caracterista é ser preso ao teto, a dança então sendo executada fora do chão. São as principais atrações de Circos e Espetáculos Circenses. As mais conhecidas são o Trapézio, o Tecido, e a Lira, mas existem vários outros como o Cubo Aéreo, as Faixas, e a Corda.

Kadu Mendes executando um numero de Corda - Um Café da Manhã


Bom pessoas, é isso, espero que tenham gostado, e entendido. As fotos usadas são todas de amigos e/ou professores meus. Perdeom a maioria de textos do Wikipédia, mas não teria tempo de escrever isso, mas alguns ainda sim consegui dar uma passada no teclado XD

Gostaria também de parabenizar todos os artistas desse meio, sabemos que no país onde vivemos é um tanto dificil ter o talento reconhecido, mas o importante é o que fazemos pelo nosso bem, por prazer e alegria, mesmo cansando, machucando, é o que nos faz acordar motivados cada dia.

QUEM DANÇA É MAIS FELIZ!

Bites




4 comentários:

  1. Gostei muita da sua publicação,qdo eu estudava fazia algumas apresentações pela escola em várias cidades,não tinha um nível técnico muito bom,mas gostava muito,essa publicação me lembrou bons e velhos tempos !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada linda ^^
      Que dança você fazia?

      Bites

      Excluir
  2. Eu COM CERTEZA vou fazer Pole Dance quando terminar a faculdade, e quero fazer dança do ventre tribal/gótica também!
    Sempre gostei muito de dançar, acho uma ótima ferramenta pra gente se libertar, e além do mais, a gente ainda perde umas calorias, né? kkkk
    Acho legal sapateado também, mas só assistir. Tem tantos tipos de dança e tantas vertentes que a gente até se perde! kkk
    Beijo!
    http://nosferotika.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recomendo, amooo Pole. Nossa! Você acabou de me lembrar que esqueci completamente de colocar Dança do Ventre! O.O ugh!

      Eu adoro dançar também, é a minha vida, aliás XD E nossa, se não fosse tudo de atividade que faço estaria uma bolinha agoar. Pois é, tem muitas pessoas que se perdem entre Contermporaneo e Moderno, por exemplo.

      Bites

      Excluir