Eu, o Desaparecido e a Morta



Autor: Jenny Valentine
Lançamento: 2010
Editora: iD Editora
Sinopse:
Ter um pai 'desaparecido' já é uma situação perturbadora, mas a vida de Lucas se complica de verdade quando ele encontra Violet Park - ou melhor, a 'morta' - em uma decadente agência de táxis durante a madrugada. Aquele com certeza não era lugar para uma senhora falecida, e ao buscar um final menos deprimente para os restos mortais dela, Lucas vai descobrir muitas coisas sobre si mesmo. 

Bem, o nome é chamativo, pode dar até a impressão de que pode ser de terror ou suspense. Mas apesar de ver que nao se trata de nada disso a curiosidade fica.
 Lucas é um menino de 16 anos que cresceu sem pai e com uma mãe que a unica coisa que faz é se lamentar de como sua vida poderia ter sido se tivesse tomado outras decisões. Tem uma irmã mais velha perdida na vida e um irmão mais novo que ainda estava na barriga quando o pai foi embora.
 Lucas conhece Violet numa agencia de taxi quando volta da casa de um amigo, um urna bem difrente da decoração do lugar. Fica dias pensando na pobre senhora por quem sentiu afeição e com a ajuda da avó, uma idosa radical com quem se abre, ela consegue resgatar a urna e começa a tarefa de encontrar um bom lugar para Violet repousar em paz.
 Com o tempo, a ajuda dos familiares, um amigo do pai e a namorada Lucas vai desobrindo mais sobre Violet e sobre seu proprio passado.
 Conforme o tempo passa, além das descobertas e revelações, Violet também ajuda Lucas a se encontrar, e de certa forma, melhorar a relação em sua familia e ajuda-os a seguir em frente.
É uma história muito boa, não consegui parar de ler até acabar, não achei cliches, nem situações obvias, o final é um tanto vago, mas surpreende.
Recomendadissimo.

Outras Capas:












Um comentário:

  1. É eu também pensei que era um livro de terror só pelo título.
    bj

    ResponderExcluir